No meu jardim tenho a mais bela e doce das flores... a minha Matilde...
Domingo, 31 de Julho de 2011

caminha nova

Pois! Comprámos uma nova caminha para a Mi, enorme, dada a sua pequena estatura, mas já a andávamos a namorar há muito e resolvemos montá-la no seu quarto. A ideia é deixá-la ir-se habituando à cama grande, dormir lá umas sonecas e, quando chegar a altura, trocá-la definitivamente para lá e devolver os berços emprestados. Resultado: Mal o pai a começou a montar hoje, começou de imediato aos gritos e palminhas, entusiasmada com a "casinha" que lhe estávamos a oferecer. De facto, a cama tem grades em três partes e até deve parecer uma casinha de brincar aos olhos destas pequenas cinderelas. Depois de explicado que aquilo era uma caminha nova para ela, o  estusiasmo manteve-se e, após repetir vezes sem conta "pa domir", agarrou na chucha e na sua almofadinha e deitou-se para fazer "ó-ó"... Até ter percebido que a dita cuja é mesmo enorme e que, assim encostada à parede, parece mesmo uma casinha, ou melhor, um trampolim, e vai de pular e de andar de um lado para o outro, numa alegria que dava gosto. 

Portanto, temos uma brincadeira nova cá por casa, embora a intenção fosse bem diferente...

publicado por flordemiosotis às 16:19
link | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 28 de Julho de 2011

Mi

(fot removida)

 

 

Tanto que ela cresceu e em tão pouco tempo ou, pelo menos, a mim pareceu-me pouco tempo. Já corre tudo, já trepa qualquer obstáculo que esteja à mão, é muito despachada e senhora do seu nariz. Mimada, não gosta que a incomodem, mas acata bem as ordens, embora às vezes lá saiam umas birrinhas.

Falar é com ela, diz tudo e mais alguma coisa, mesmo as palavras compridas, que tanto a fazem sorrir, como "cocodilo", "casamento", candeeiro, batizado e afins. Já distingue sons muito diferentes e ri-se à gargalhada quando vê o meu ar de espanto forçado depois de me dizer "mãe, qué agua no popo." E porquê? Porque sabe perfeitamente dizer copo e acha divertido trocar o som à letra. O mesmo se passa com "Caneca" em vez de caneta ou "Pexun", em vez de peixinho. Já começa a fazer frases, mas ainda pouca coisa, sabe o alfabeto, com alguns desvios, cantarolado, como ela tanto gosta e adora pegar numa caneta e rabiscar. Diz que faz o ABC e bolinhas ou uma cara contente. Não puxamos por ela, aprende com facilidade e tem uma capacidade de memorização que me assusta. Lembra-se de tudo, mesmo que só tenha visto ou ouvido uma vez. E foi por isso que ganhou medo aos bebés, em particular a uma que é nossa vizinha e que lhe deu um miminho demasiado forte na cara. Nunca mais esqueceu, em particular esta, de quem fala de vez de em quando "A chofia dá tatau". 

O que mais gosta: brincar com a família e de mexer na terra, areia, água. Só está bem no meio do campo, a apanhar tudo quanto encontra. Adora recolher caracóis, que até já andam, sem eu ter percebido como, no carro da mãe.

Tem energia q.b. no ambiente dela, mas considero-a sossegada. Quando sai, mostra-se envergonhada e sisuda e não passa cartucho facilmente. É desconfiada e isso nota-se desde bebé. No entanto, está sempre muito atenta e, geralmente, chega a casa e experimenta o que viu. Foi assim que aprendeu a brincar ao "rei mana", leia-se "O rei manda", frase que origina sempre uma correria até à porta ou uma marcha muito caricata ou aquilo que lhe vier à memória.

Comer também é com ela: come sozinha com o garfo, embora de vez em quando a mão vá ajudar, e não recusa quase nada. Descobriu já nem sei bem como o chocolate (não fomos nós a dar pela primeira vez) e, claro, nunca mais se esqueceu dele. "Mãe, chocolate", a pedinchona, ou "gelado", são palavras muito ouvidas por aqui agora. A recusa bem explicada não tem originado birras, por enquanto, vamos ver o que este feitiozinho nos reserva. 

Está tão desenvolvida a nossa menina que eu, muitas vezes, até me esqueço que ela só tem... 18 meses!

 

 

 

 

 

 

 

publicado por flordemiosotis às 11:35
link | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 27 de Julho de 2011

Ano difícil!

Como é que vocês, mamãs, dão conta do recado? Como se organizam de maneira a ter tempo para tudo, até para vocês mesmas? Este foi, para mim, um ano mesmo difícil. Bom, mas difícil... Não consegui gerir tudo e o blog ficou para trás, como eu já andava a anunciar aos bocadinhos... Mas agora estou de férias e VOLTEI (pelo menos por uns tempos!) A Matilde, essa está bem e recomenda-se, como darei conta em posts seguintes, porque agora, bem, agora ela já chama pela mãe.

E desta vez, despeço-me com um até breve!

publicado por flordemiosotis às 15:17
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Atitudes que surpreendem!

. Da mãe...

. Da Matilde...

. Fofices!

. Ai!

. O que me fez voltar!

. Eis-me again!

. Há registos que valem sem...

. Breve

. "Paia outa vez"

.arquivos

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010